O assunto de hoje são as 96 plantas medicinais, usadas na elaboração de chás caseiros, que ajudam a controlar o diabetes, principalmente o diabetes tipo 2. Essas plantas são consideradas medicinais porque elas têm propriedades terapêuticas, ou seja, têm capacidade curativa ou ajudam a melhorar a saúde se usadas adequadamente.

 

Todas essas 96 plantas podem atuar favoravelmente em relação ao diabetes, mas apresentam também outros benefícios através dos chás de acordo com seus princípios ativos (substâncias químicas naturais) e respectivas propriedades terapêuticas.

Por exemplo, a Carqueja é uma das plantas que se destaca entre os chás campeões em benefícios, com 60 indicações de melhorias para a saúde, além do controle do diabetes.

A Camomila é outra de grande destaque, muito conhecida em todo o Brasil, com quase 50 benefícios, além do controle do diabetes.

 

Lembrando que algumas das plantas aqui citadas ainda não se encontram em nosso site, recomendamos que os nossos usuários-clientes procurem as receitas de elaboração de chás, sobre diabetes, digitando a palavra “diabete” ou “diabetes”, ou digitando as palavras-chave tais como: glicemia, açúcar no sangue e glicose no sangue. Em seguida, basta escolher o tipo de planta mais facilmente encontrada em seu quintal, ou no comércio de sua região, ou pela internet, evitando aquelas que possam apresentar restrições em relação ao estado de cada tipo de pessoa, como por exemplo, gravidez, crianças, hipertensos, etc.

 

No caso de se procurar pelas palavras “diabético” ou “hipoglicemia” serão apresentadas, em nosso site, todas as receitas de plantas com recomendações de serem evitadas por diabéticos que têm problemas constantes de hipoglicemia. Provocando a queda do nível do açúcar no sangue, as plantas dessas receitas poderão prejudicar o diabético que já está com problemas de baixo nível de glicemia.

 

Evite tomar chá no mesmo período em que esteja tomando remédios. Consulte sempre um médico antes de consumir qualquer tipo de chá de planta medicinal ou qualquer medicamento mesmo de origem natural.

 

Para cada tipo de planta, é preciso saber qual parte da mesma deve ser utilizada na elaboração de um determinado chá, podendo ser, por exemplo, a folha fresca ou seca, a flor, o caule, a raiz, etc. É preciso saber também qual é a dosagem adequada e se existe alguma restrição ou contraindicação.  Essas e outras informações estão em todas as nossas receitas.

 

Conheça 5.600 tipos de receitas de elaboração de chás caseiros no site www.chasdeplantasmedicinais.com.br,  onde se encontram também diversas orientações gerais complementares e extensa bibliografia.

 

A seguir, os nomes populares de 96 plantas medicinais de chás para ajudar no controle do diabetes:

 

 

Acerola

Aipo, o mesmo que Salsão

Alcachofra

Alcaçuz

Alecrim

Alface

Alfafa

Alho

Alquemila

Amêndoa

Amora-branca

Amora-negra

Assa-peixe

Avenca

Azeitona-roxa

Bardana

Berinjela

Borragem

Cabelo-de-milho

Caju

Camomila

Cana-de-macaco

Canela-de-índio

Canela-de-velho

Capim-pé-de-galinha

Caqui

Carambola

Carqueja

Cavalinha

Cebola

Centáurea-menor (Fel-da-terra)

Chicória

Cipó-cruz

Cipó-doce

Cipó-suma

Coentro

Cravo-da-índia

Dente-de-leão (Taraxaco)

Embaúba

Erva-de-passarinho

Eucalipto

Fáfia

Faveira

Feijão

Fisálide

Funcho

Galega

Garra-do-diabo

Genciana

Gengibre

Ginseng

Goiabeira

Graviola

Groselha-negra

Guaraná

Hibisco

Insulina-vegetal

Jabuticaba

Jamelão (Jambolão)

Jatobá

Jucá, (Pau-ferro)

Jujubeira

Jurubeba

Limão

Lixeira

Maçã

Mamão

Mangueira (Manga)

Maracujá

Marmeleiro (Marmelo)

Melão-de-são caetano

Milho

Moringa

Mororó

Nogueira

Noni

Noz

Oliveira

Passiflora-Encarnada

Pata-de-vaca

Pau-amargo

Pedra-ume-caá

Pêssego

Picão

Picão-branco

Pitaia

Quebra-pedra

Quebra-tudo

Sabugueiro

Salsa

Sálvia (Salva)

Sucupira

Tamarindo

Tanchagem

Urtiga

Visqueiro

 

(Atualizado em fevereiro/2020)

Faça seu comentário no campo abaixo. Participe:

Leave a Reply

Your email address will not be published.