Praticamente todo mundo já conhece as 10 famosas plantas para chás caseiros, citadas a seguir. Elas são conhecidas há muitos anos e se destacam pela quantidade e variedade de propriedades curativas.

Poderíamos agregar mais algumas plantas famosas, mas preferimos nos limitar ao total de dez.

As plantas desse poderoso grupo são:

  • Alecrim
  • Alfavaca/Manjericão
  • Alfazema
  • Carqueja
  • Erva-doce
  • Gengibre
  • Ginkgo-biloba
  • Goiabeira
  • Jamelão/Jambolão
  • Limão/Limoeiro

Até aqui, não há novidade. Porém, o que pouca gente sabe é que essas plantas quando observadas, em determinado grupo, conforme esse grupo de 10, elas reúnem mais de 90% de todas as propriedades curativas de centenas de outras plantas já também amplamente conhecidas. 

A quantidade de plantas medicinais conhecidas para chás pode chegar até 1.000 nomes, por exemplo, mas é preciso tomar cuidado na identificação de cada uma porque há muita repetição, com diferentes nomes regionais para a mesma planta. O número real, na prática, se torna bem menor.  

Na literatura de plantas medicinais, para chás, são bastante divulgadas e conhecidas  pouco mais de uma centena de propriedades curativas. Pois bem, nesse pequeno grupo de 10 plantas medicinais, estão reunidas quase todas as propriedades curativas de todas as plantas conhecidas e utilizadas na elaboração de chás. Dessa forma, levando em conta todas as suas propriedades, essas poucas plantas têm a capacidade de atender a quase tudo o que se espera em termos de benefícios pessoais, no consumo de chás caseiros.

As propriedades curativas com maior presença nesse grupo de plantas são:

  • Adstringente
  • Antibiótica
  • Anti-inflamatória
  • Calmante
  • Digestiva
  • Diurética
  • Tônica

As outras mais de cem diferentes propriedades curativas, referenciadas poucas vezes, estão distribuídas naturalmente pelas 10 plantas do grupo.

Vamos lembrar que propriedade curativa, em linhas gerais, tem o mesmo significado que:

– Propriedade terapêutica;

– Propriedade medicinal;

– Propriedade farmacológica;

– Propriedade fitoterápica.

Os princípios ativos são substâncias químicas naturais que proporcionam os efeitos terapêuticos, sendo que estes, por sua vez, contribuem com benefícios para a saúde de quem toma chás de plantas medicinais. Portanto, as propriedades terapêuticas, ou medicinais, ou curativas, são decorrentes dos princípios ativos das plantas.

Antes de consumir determinado tipo de chá, ou de trocar o tipo de chá periodicamente, é preciso verificar se não há algum tipo de restrição, de acordo com cada tipo de pessoa, sendo também recomendável sempre consultar um profissional de saúde.

Conheça em nosso site, www.chasdeplantasmedicinais.com.br, mais de 7.500 informações gerais sobre chás, incluindo orientações básicas, receitas, nomes de plantas principais e regionais, propriedades curativas, nomes científicos, glossário, bibliografia e posts.

Faça seu comentário no campo abaixo. Participe:

Leave a Reply