Tanto o nome científico de cada planta, quanto o nome científico da família de cada planta, segue um padrão internacional, sendo de uso universal. Os nomes são escritos de forma inclinada, no tipo itálico, em qualquer documento ou publicação de qualquer país. Pelo fato de serem escritos em Latim, que é uma língua morta, os nomes não ficam sujeitos a reformas ortográficas, permanecendo os mesmos indefinidamente.

Uma das vantagens de uso do nome científico é a identificação de cada planta, principalmente quando há dúvida sobre o nome popular, porque existe um só nome científico para cada planta, podendo haver muitos nomes populares para a mesma.

Exemplo 1

  • Nome popular principal: Malva
  • Nome científico: Malva sylvestris L.
  • Nome da família da planta Malva: Malvaceae
  • Nomes populares com o mesmo nome científico de Malva: Gerânio-aromático, Malva-das-boticas, Malva-de-casa, Malva-grande, Malva-maior, Malva-rosa, Malva-silvestre, Malva-verde, Malva-selvagem, Rosa-chinesa e outros nomes.

Exemplo 2

  • Nome popular: Malva pequena
  • Nome científico: Malva rotundifolia L.
  • Nome da família da planta Malva Pequena: Malvaceae

Observe que Malva e Malva Pequena têm nomes populares parecidos, têm nomes científicos diferentes e pertencem à mesma família de plantas.

A média geral é de 3 plantas medicinais para cada família científica, no caso de chás.

Das plantas mais conhecidas para chás podemos encontrar muitos casos de uma só planta para cada família científica. Por outro lado, há famílias nas quais estão classificadas muitas plantas, tal como a família científica Asteraceae, onde encontramos: Alface, Almeirão, Ambrósia, Artemísia, Camomila, Cardo-Santo, Carqueja, Chicória, Estévia, Girassol, Mão-de-Deus, Mil-folhas, Picão, Tanaceto, e outras.

Clique Aqui

Faça seu comentário no campo abaixo. Participe:

Leave a Reply