Todo mundo sabe que qualquer tipo de diabético, seja do tipo 1 ou do tipo 2, não deve consumir o açúcar, mel, doces e bolos com açúcar, etc., podendo consumir frutas de forma controlada sob orientação médica e de nutricionista.

Em substituição ao açúcar existem os adoçantes industrializados, facilmente encontrados no mercado. Porém, o que parecia uma solução com o aparecimento de adoçantes, na realidade, se tornou uma ilusão, principalmente para os diabéticos. Por quê? Porque, primeiramente, é fato amplamente conhecido que os adoçantes ajudam bastante, mas não são perfeitamente saudáveis. Em segundo lugar, os adoçantes causam diarreia imediata em muita gente que não se dá bem com esse tipo de produto, não deixando alternativas para muitos diabéticos. Em terceiro lugar, há gente que não suporta aquele gostinho desagradável do adoçante que se sente logo após o respectivo consumo.

E qual seria a saída? Simples, conviver com o amargo. A mudança de hábito, do adoçante para o amargo, nada utilizando para adoçar, é dolorosa somente na primeira ou no máximo em duas semanas, porque o organismo se acostuma facilmente, desde que haja um pouco de boa vontade.

Falando agora de chás caseiros medicinais, remédios caseiros e sucos medicinais também caseiros, podem eles ser adoçados de alguma forma?  A resposta é, poder podem, mas, de preferência, não devem.

Para todas as pessoas, sejam diabéticas ou não, a recomendação é que qualquer tipo de chá, remédio caseiro ou suco medicinal, deve ser consumido de forma natural, sem adoçante, mesmo os mais amargos. Sem adoçante, o chá se torna muito mais benéfico para a saúde. Qualquer consumidor, seja pessoa diabética ou não, leva vantagem em benefícios para a saúde quando dispensa o adoçante.

Muitas receitas de chá ou de suco preveem a mistura de dois ou mais ingredientes naturais, que podem suavizar ou até melhorar o sabor da bebida. Neste caso, deve haver compatibilidade química das plantas em tais misturas, em relação aos benefícios esperados.

Para finalizar, um exemplo de ótimo chá bem amargo que dá para encarar sem adoçante, se houver boa vontade: a carqueja amarga.

Faça seu comentário no campo abaixo. Participe:

Leave a Reply

Your email address will not be published.