Esta é uma das dúvidas mais frequentes de quem ainda tem pouca experiência com chás: fazer um chá com folhas frescas ou com folhas secas?

Não é todo o mundo que tem a facilidade de colher uma planta fresca no quintal, principalmente quem mora em apartamento, dispondo de pouco espaço para cuidar de uma ou pouco mais de duas plantas de sua preferência, plantadas em vasos.

A planta fresca, ou verde, ou seja, aquela colhida na hora ou pouco tempo antes de ser utilizada, pode ser encontrada no comércio especializado tal como em lojas tipo “hortifruti”, lojas de produtos naturais, em alguns supermercados, em mercados municipais tradicionais e nas feiras-livres. Por outro lado, as folhas secas podem ser encontradas com mais facilidade no comércio em geral ou na internet, com a vantagem de poderem ser guardadas, antes de fazer os chás, por mais ou por muito mais tempo.

Além das folhas que são as mais lembradas, é preciso considerar que existem outras partes de plantas que são muito utilizadas para chás, de acordo com cada tipo, sejam elas as flores, os talos, as raízes, etc., as quais podem também ser secas ou frescas.

As folhas secas quando comparadas na mesma quantidade com as verdes, apresentam as seguintes diferenças:

a) As secas são mais leves porque foram desidratadas, ou seja, tiveram a água retirada;

b) Na mesma quantidade, 3 colheres de folhas picadas por exemplo, as secas reúnem mais princípios ativos do que as verdes;

c) As secas apresentam menor concentração de tóxicos, quando comparadas com a mesma quantidade de folhas verdes;

d) Ao contrário das secas, as folhas verdes de algumas plantas podem causar palpitações cardíacas;

e) As secas podem ser embaladas e armazenadas por muito mais tempo que as verdes.

As diferenças acima levam a crer que é mais vantajoso optar por folhas secas, aparentemente. Mas não é bem assim. Entre vantagens e desvantagens tudo fica mais ou menos igual quando se faz um chá de folhas secas com aproximadamente a metade da quantidade ou do peso das folhas verdes. Por exemplo: 20g de folhas frescas ou verdes tem aproximadamente o mesmo efeito de 10g de folhas secas, da mesma planta; 2 colheres (tipo sopa) de folhas frescas picadas tem aproximadamente o mesmo efeito de 1 colher (tipo sopa) de folhas secas picadas.

Mas vale lembrar que isso não é uma regra seguida por todo mundo. Existe uma enorme quantidade de receitas caseiras de chás que estabelece a mesma quantidade ou peso de folhas, ou de outras partes da planta, secas e verdes. Por exemplo: “…preparar (o mesmo chá) com 2 colheres (tipo sopa), de folhas verdes ou secas picadas…”

Na dúvida sobre qualquer dosagem de ingredientes de chá sempre é mais prudente reduzir do que aumentar a quantidade ou o peso.

Conheça 5.858 tipos de receitas de elaboração de chás caseiros no site www.chasdeplantasmedicinais.com.br,  onde se encontram também diversas orientações gerais complementares e extensa bibliografia.

Faça seu comentário no campo abaixo. Participe:

Leave a Reply